Gerenciador Webmail

Central do Assinante

Ouvidoria

Fale diretamente com a diretoria clicando aqui

Esgoto potável?

Se você não caiu por aqui de para-quedas, certamente está ciente da crise hídrica que vivemos no país. Se até pouco tempo atrás muita gente imaginava que a possibilidade de ficarmos sem água era bastante remota, agora o medo é grande. O assunto é debatido quase que diariamente no Brasil. Nos últimos 50 anos, o aumento de retirada da água da natureza triplicou. E se continuarmos sem tomar atitudes drásticas, a previsão é que quase metade da população mundial viverá em condições de alto estresse hídrico até 2030!

Se da necessidade, o homem descobriu o fogo e mudou completamente o futuro da espécie, agora um grande gênio apresenta uma solução para transformar lixo e dejetos humanos – sim, cocô – em água potável. A promissora e, quem sabe, revolucionária máquina de Bill Gates já está em fase de testes em Dakar, no Senegal, onde 1 milhão e 200 mil pessoas não têm saneamento básico e condições precárias de higiene.

O processo do equipamento é surpreendentemente rápido. Em poucos minutos, a máquina – batizada de Janicki OmniProcessor – recolhe grandes quantidades de dejetos e transforma tudo em água; pura e cristalina. Com o material produzido em uma comunidade de 100 mil pessoas, a máquina libera 86 mil litros de água e 250 kilowatts de eletricidade diariamente.

A ideia do fundador da Microsoft não é só resolver o problema da água em países mais pobres, mas também reduzir os gastos em países em desenvolvimento e melhorar a saúde desses lugares, uma vez que boa parte das doenças é causada pelo consumo de água suja. Mas e você, confiaria em Bill Gates e beberia água que até poucos minutos atrás eram fezes? É difícil dizer assim de imediato, mas voltando à discussão da crise hídrica que vivemos e se tratando de uma invenção de alguém tão confiável quanto Bill Gates…quem sabe, né?

Veja o vídeo e descubra como funciona: www.youtube.com/watch?v=KdODegh1EDQ

Os comentários estão fechados.

Tecwave sign up form


Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur excepteur sint occaecat cupidatat non

Tecwavelogin form